Discutem como um casal, se falam como melhores amigos, se amam como crianças, obviamente, o destino deles e ficarem juntos.
Gramaticas.   (via gramaticas)
Ele me fazia sorrir em plena madrugada, e realmente eu adorava isso.
Gramaticas.  (via gramaticas)
A gente combina. Eu não presto, e você também não.
Vinícius Kretek.  (via gramaticas)
Você sempre vai ser aquela lembrança boa que não deveria ter ido tão rápido.
Gramaticas.  (via gramaticas)
Como se fosse a primeira vez, é assim que eu te amava todos os dias.
Gramaticas. (via gramaticas)
Não era só um “gostar”, mas também não era um “amar”, era algo entre eles, não sei explicar, o estômago esfriava, batia um calafrio, um arrepio na espinha. E aquela tal frase, “Sentia borboletas voarem no seu estômago”. Era real, eu as sentia mesmo, e não queria saber o que era, sei que era bom.
Outono.   (via gramaticas)
O amor é tão arrogante que não aceita virar amizade.
Fabrício Carpinejar. (via gramaticas)
”te amo” sorry, i don’t speak mentiras